Teografias I: guerra interior, conversão e alegoria

Está disponível online o primeiro volume do projeto Revista Teografias, impresso em 2011. Naquela altura falei da Guerra Interior, de Matias de Andrade, ainda em preparação artigo com o título Guerra Interior: conversão e alegoria. Os objetivos foram cumpridos: Com o estudo desta narrativa alegórica, de edificação, reflexão e didática religiosa, a Guerra Interior (1743), de…

Qual outro cume do monte Olimpo (1740-1765)

«Em 1740, a Congregação do Oratório conhecia um novo impulso em Viseu, com a eleição de D. Júlio Francisco de Oliveira, o primeiro bispo oratoriano português, a quem Matias de Andrade dedica a Guerra Interior. Conhecedor da vivência urbana e de uma corte marcada pela ostentação, com fortes ligações ao poder real e aos círculos…

Padre Matias de Andrade (1680-1747, Congregação do Oratório)

Sara Augusto. «Para a ‘perfeita ordem e harmonia na república da alma’. A Guerra Interior, de Matias de Andrade (1743)». In A Guerra Interior  de Matias de Andrade (1743). Viseu, Quartzo / CLP: 15-18. O manuscrito da Guerra Interior, datado de 2 de Maio de 1743, é da autoria do Padre Matias de Andrade, da…

Guerra interior

Em Guerra interior, do Padre Matias de Andrade, Oratoriano de Freixo-de-Espada-à-Cinta, retoma-se um dos temas mais antigos da espiritualidade humana. Na altura em que a edição está quase pronta, resolvi ir apresentando o texto e o seu autor. Hoje fica a capa da edição, da responsabilidade da Rute Augusto, mais um trabalho bem conseguido pela…