Domingo à tarde

Domingo à tarde (não, não se trata de Fernando Namora nem de António de Macedo…), um dia lindo, de um sol calmo e leve e quente. Tive de ir ao Centro de Saúde por coisas estranhas que me afligiram e a sala de espera estava cheia. Marquei a consulta e sentei-me. Isto vai demorar… suspirei. […]

Read More Domingo à tarde