Crónica de Feaglar

Matei os falsos sorrisos, silenciei as mentiras, vinguei as afrontas, as injustiças… Quando a minha inocência morreu, morreram aqueles que as destruíram. Pedro Ventura, O Regresso dos Deuses, p. 253 Já me encontrei com o Pedro Ventura há mais de um mês na Biblioteca Municipal de Viseu. Ele tinha na mão a reedição de Goor […]

Read More Crónica de Feaglar